Buscar
  • Pati Rodrigues

PatiPapo#2:Sangue nos olhos não!!!



No dia do vendedor, nossa homenagem é um convite pra pensar num dos termos mais comuns que se usa em vendas: sangue nos olhos!


Claro, a gente entende super que a expressão tem a ver com motivação, garra, vontade e determinação para alcançar objetivos.


Buscando a origem do termo no Google (salve!), encontramos :"antes do surgimento das armas de fogo, que permitem matar à distância, as batalhas eram travadas no corpo a corpo, com facas, espadas e lanças.


Depois de enfrentar o primeiro inimigo no campo de batalha, o vencedor, em geral, ficava coberto com o sangue daquele que havia acabado de assassinar. Quando a lâmina atingia a jugular do oponente, o esguicho muitas vezes acertava o rosto do vencedor, que seguia matando, defendendo a própria vida. Foi daí que surgiu a expressão “sangue nos olhos”


Esse é o ponto!


Por muito tempo, falamos de vendas fazendo analogias com guerras, batalhas. Chamamos o público de alvo! Já pensou nisso?


Vivemos tempos onde se fala muito de atendimento humanizado, encantamento e experiência. Será que ainda faz sentido, então, pensar em vendas como um lutas hercúleas e pedir que vendedores tenham sangue nos olhos?


Que tal sorriso nos olhos?

Paixão nos olhos?


Sim, trabalhar com vendas é duro, cansativo, desgastante física, mental e energeticamente. E muitas, MUITAS vezes, um trabalho pouco valorizado, respeitado e reconhecido. Só quem é/ foi vendedor, sabe.


Até por isso, que tal promover encantamento, experiência e humanização também PARA os vendedores? São eles que entregam isso tudo ao cliente final.


Walk the Talk.


Parabéns a todos os vendedores! Que seus olhos possam estar cheios de orgulho, sempre!